18 3901 8000

Notícia

Início » Notícia

11/10/2017 14:56

Simulação de catástrofe mobiliza profissionais da Santa Casa

Simulação de catástrofe mobiliza profissionais da Santa Casa

O Pronto Socorro da Santa Casa de Presidente Prudente esteve movimentado na manhã de domingo (08),  com a chegada de várias ambulâncias trazendo vitimas de um  incêndio no Hospital Regional do Câncer.  A ação fez parte de uma simulação de catástrofe para treinar e preparar os profissionais para uma situação inesperada.

 

 Durante o simulado, os procedimentos foram encenados como reais, desde a identificação dos feridos que chegavam,  atendimentos nas salas de emergências e encaminhamentos para centro cirúrgico, Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e internação. A Santa Casa de Presidente Prudente foi um dos quatros hospitais que receberam as vítimas do incêndio. Segundo a gerente de enfermagem, Daiane Hilário cerca de  50 profissionais foram mobilizados para o atendimento. “Tudo o que as equipes fizeram durante a simulação é idêntico ao que é feito em uma situação real. É uma forma de aperfeiçoar os serviços e fazer uma avaliação de todo o processo“.  A instituição atendeu vinte e dois feridos com diferentes classificações de risco como queimaduras, politraumas, fraturas e escoriações.  Essa é 5ª edição da  Simulação de Catástrofe que tem o objetivo de preparar diversos setores de atendimentos como  hospitais, Bombeiros, grupos especiais de resgate e serviços de ambulância para o casos de uma emergência.

 

A simulação foi uma iniciativa da Liga do Trauma da Faculdade de Medicina da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste),  com a participação de várias instituições, entra elas,   Corpo de Bombeiros,  Polícia Militar e  Tiro de Guerra, com o apoio da Prefeitura e de entidades.