18 3901 8000

Notícia

Início » Notícia

03/05/2018 23:31

Santa Casa conscientiza sobre importância da higienização das mãos

Santa Casa  conscientiza sobre importância da higienização das mãos

A Santa Casa de Presidente Prudente realiza nesta semana várias atividades para conscientizar profissionais de saúde, pacientes e visitantes sobre a importância da lavagem das mãos. No próximo sábado,  dia 05,  é comemorado o Dia Mundial de Higienização das mãos. Uma ação educativa com as crianças e acompanhantes marcou a abertura da campanha.

 

De forma lúdica os pequenos e visitantes foram conscientizados que a higienização das mãos pode evitar várias doenças. A psicóloga hospitalar Bianca Kuroce, as estagiárias de psicologia da Unoeste e o setor de humanização percorreram a pediatria e recepção do pronto socorro com orientações da forma correta de lavar as mãos. Na brinquedoteca,  as profissionais de saúde utilizaram brincadeiras e músicas pra mostrar que as mãos limpas ajudam no controle de infecções. O motorista, Jeferson Kuinicki que acompanha a filha Maria Júlia de 4 anos aprovou a ação. “Muitas vezes na correria do dia dia não damos a devida atenção a lavagem das mãos”.

 

De acordo com o infectologista, André Pirajá médico responsável pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH)  da Santa Casa as mãos são o principal veículo de transmissão de vírus e bactérias. “O ato de lavar bem as mãos, embora pareça uma atividade comum do cotidiano, pode evitar uma série de doenças e infecções. Neste período do ano, ajuda na prevenção de gripes, resfriados e conjuntivites”, afirmou. O infectologista enfatiza que no ambiente hospitalar os cuidados com a higienização das mãos devem ser redobrados. “Costumo lembrar aos profissionais de saúde que a higienização das mãos é a mais básica, barata e segura forma  para o controle da infecção hospitalar", frisa Pirajá.

 

Durante a campanha que segue até a semana que vem, nas recepções do hospital os visitantes recebem panfletos sobre a importância da lavagem das mãos e são orientados a fazerem  a higienização na entrada e saída da instituição. Os profissionais que atuam no hospital também são alertados sobre o controle de infecções a partir da higienização das mãos.